Como saber se o seu cão idoso está sofrendo de dores

É seguro dizer que somos uma nação de amantes de cães, com milhões de donos de cães em todo o Reino Unido. Se você se enquadra nessa categoria e tem seu próprio melhor amigo canino, vai querer fazer todo o possível para dar a ele uma vida feliz e realizada. No entanto, uma vez que você traz um filhote para casa, os anos passam voando e, antes que você perceba, seu cão atingirá a velhice. Quando se trata de dor e sofrimento, os cães são incrivelmente bons em proteger o que está acontecendo. Isso significa que pode ser difícil estabelecer se seu cão mais velho está sofrendo ou não. Para ajudar, aqui estão alguns sinais que podem indicar que algo está errado.

AGRESSÕES
Se o seu cão sempre foi amigável e feliz com os outros, os sinais de agressão podem ser alarmantes. Lembre-se, é improvável que seu cão esteja sendo agressivo sem motivo. Em vez disso, eles podem estar com dor e estão tentando lhe dizer isso. Se você está cuidando do seu cão e descobre que ele ataca quando você toca em áreas específicas, este é um sinal claro de que seu cão mais velho está com dor. Em vez de repreendê-los por rosnar ou ser agressivo, você deve procurar a causa subjacente. Pode ser difícil fazer isso sozinho, portanto, converse com seu veterinário o mais rápido possível.

MUDANÇA NO PADRÃO DE SONO
Quando você cria um cachorro, muitas vezes ele fica caído na cama, recuperando o sono. Embora isso não seja nada fora do comum, se o seu cão estiver dormindo por períodos mais longos, você deve se preocupar. Por outro lado, seu cão mais velho pode não estar dormindo tanto ou você acha que ele fica acordado a noite toda. Todos esses sinais podem indicar que seu cão está com dor. Como dono do cachorro, você deve notar uma diferença no padrão de sono do seu cão imediatamente. É sua responsabilidade anotar quaisquer mudanças em seus hábitos de sono. Se você tiver preocupações, leve-as ao veterinário, pois eles podem determinar se elas são causadas por dor ou um problema de saúde subjacente.

MUDANÇA DE HÁBITOS DE COMER E BEBER
Você terá dificuldade em encontrar um cachorro que não agite o rabo quando souber que há comida por perto. Isso significa que, se o seu cão mais velho não estiver tocando suas refeições, é hora de prestar atenção. Uma mudança em quando e quanta comida e água seu cão consome talvez porque esteja com dor. Se o seu cão tem artrite, ele pode lutar para comer sua comida. Perda de peso inexplicável ou ganho de peso são claras bandeiras vermelhas de que seu canino pode estar com dor. Não hesite em falar com seu veterinário neste caso.

MUDANÇAS NAS VOCALIZAÇÕES
Se você achar que seu cão mais velho está chorando, latindo ou gemendo incontrolavelmente ou excessivamente, em vez de ver isso como um incômodo ou agir sem motivo, tente determinar se é porque está com dor e desconforto. Você precisa prestar muita atenção às mudanças nas vocalizações do seu cão, pois ele pode estar em perigo. Compreensivelmente, não é divertido ouvir seu cachorro choramingar por horas a fio, então quanto mais rápido você chegar ao veterinário, melhor.

PROBLEMAS DE MOBILIDADE
O processo de envelhecimento infelizmente acontece com todos nós, incluindo cães. Isso significa que quando seu cão atinge seus últimos anos, ele pode ter dificuldades para se locomover pela casa com facilidade. Se isso inclui ter dificuldade para subir e descer escadas ou ter problemas para correr e pular, também pode significar que seu cão está com dor. Problemas de saúde subjacentes, como artrite, podem ser a causa raiz dos problemas de mobilidade do seu cão, portanto, entre em contato com seu veterinário imediatamente para obter mais conselhos.

PROBLEMAS DE RESPIRAÇÃO
Uma mudança nos padrões de respiração do seu canino pode indicar que seu melhor amigo está com dor. Se você notar qualquer engasgo, respiração pesada ou tosse persistente, isso pode ser resultado de seu cão estar em perigo. À medida que seu cão envelhece, ele pode sentir dificuldade para respirar, o que os torna mais suscetíveis a obter fluido na cavidade torácica ou nos pulmões, o que pode alterar a forma como seu cão respira. Em vez de adiar o problema e colocá-lo no fundo da mente, é hora de consultar seu veterinário.

MUDANÇA DE POSTURA
Se você achar que seu canino está arrastando uma de suas pernas ou mancando pela casa, esses são sinais infalíveis de que eles estão com dor. Você precisa prestar atenção à postura do seu cão, pois ele pode estar tentando lhe dizer que algo está acontecendo. Quando estão com dor, alguns caninos têm uma postura muito curvada. Se o seu cão continuar na posição de ‘oração’, isso pode ser porque ele está sofrendo de dor abdominal. Por mais tempo que você tenha seu cão, você deve notar qualquer mudança na postura imediatamente.

O QUE FAZER A SEGUIR

Se você notar algum dos sinais de alerta acima em seu cão mais velho, não espere. Em vez disso, você deve levá-los ao veterinário imediatamente, pois isso pode ser um sinal de que eles estão com dor e angústia. Embora seja inevitável que a saúde e a mobilidade do seu cão diminuam à medida que envelhecem, o seu veterinário pode dar-lhe conselhos especializados para manter o seu companheiro canino feliz e saudável.

Deixe um comentário